Bem vindo a Mouralpás

Português Inglês

VINHOS CAVES DE MURÇA

A Adega Cooperativa de Murça, C.R.L. está localizada na Sub-Região Cima Corgo, dentro da Região Demarcada do Douro.

A viticultura é a principal base da economia local, estendendo-se a área de vinha por aproximadamente 1.500 hectares.

 

 

Em 1963, pela necessidade de associativismo sentida pelos viticultores da região, 193 cooperantes fundaram esta cooperativa tendo laborado a sua primeira vindima em 1965.

Em 1975, com a adesão de novos cooperantes, com áreas de vinha significativas, iniciaram-se as primeiras grandes ampliações na sua estrutura de produção.
Em 1978, com a aquisição de uma linha semi-automática, davam-se os primeiros passos no sentido da comercialização de vinhos engarrafados. Quatro anos depois, e com o sucesso obtido com a venda de vinhos engarrafados, surgiu a necessidade de adquirir uma nova linha, desta vez automática e ainda com maior capacidade.

Evidenciou-se a partir de 1990 a aposta total nos vinhos de qualidade, ano a partir do qual toda a produção de vinhos de mesa da cooperativa passou a ser engarrafada, criando-se a marca Valdadorna. Dois anos depois, a Direcção da Cooperativa decidiu subir mais um degrau na escalada da qualidade, lançando as primeiras garrafas, com a marca Caves da Porca, fermentados os brancos e estagiados os tintos em madeira nova de carvalho nacional e francês.

As inúmeras medalhas e menções honrosas obtidas em concursos nacionais e internacionais, das quais se destaca o prémio de excelência atribuído ao Vinho do Porto - 20 anos - Caves da Porca e a medalha de ouro atribuída ao DOC Caves da Porca - Garrafeira Branco - Colheita 1996, em Bordéus, no âmbito do Challenge International du Vin, são a prova e reconhecimento da qualidade dos vinhos produzidos.

A Adega Cooperativa de Murça tem evidenciado um crescimento marcante ao longo dos anos. Este crescimento acentuou-se a partir de 1994, com o início da comercialização de Vinho do Porto engarrafado.
A venda de vinhos engarrafados têm vindo a apresentar uma cada vez maior representatividade em detrimento dos vinhos vendidos a granel, aumentando a competitividade da Adega. No ano de 1994 foi realizado um investimento estruturante, que incidiu essencialmente sobre a área da vinificação com objectivo de a adequar às novas necessidades.

Em Dezembro de 1998, teve início o último projecto de investimento, no âmbito de uma candidatura ao PAMAF (Programa de Apoio à Modernização Agrícola Florestal), que transitou para o III Quadro Comunitário de Apoio e aprovado no ano de 2002.

Este projecto teve como principais objectivos a construção de um novo edifício, substituição de alguns equipamentos, instalação de uma segunda linha de engarrafamento, aquisição de vasilhame de madeira para estágio/envelhecimento de vinhos, complementado com o Projecto SIME, que visa a implementação do sistema HACCPCertificação de QualidadeNova Imagem e Marketing Internacional.

Com estas novas instalações, adaptadas aos novos desafios do mercado e a certificação obtida pela NP EN ISO 9001:2000 procura a Direcção adoptar uma cultura empresarial criativa, visando antecipar as tendências de mercado e projectar esta Adega como grande pólo de dinamização da actividade económica do Concelho de Murça.

Actualmente a Adega Cooperativa de Murça, com capacidade de laboração de 10.000 pipas de vinho por vindima, tem um volume de negócios anual acima dos 5.000.000 de Euros.